fbpx

Dilma entra no BuzzFeed, mas pra quê?

Não sei se foi por orientação da assessoria ou não, mas a candidata a presidência da república Dilma Rousseff teve um perfil criado no site BuzzFeed, um coletor de posts sobre curiosidades e listas.

Apesar de a postagem ter alcançado mais de quatro mil curtidas e mais de mil compartilhamentos, não acho que esse seja o mais adequado ambiente para a promoção da discussão política.

Será que isso representará o mesmo número de votos?

É uma boa discussão: curtidas em mídias sociais representam um bom resultado nas urnas?

Mesmo seguindo a linha editorial do site, abusando dos gifs animados e recomendando uma lista de motivos para votar na candidata do PT, o velho “estar por estar” em um veículo de comunicação não é uma estratégia de quem propõe um debate com o eleitor.

O BuzzFeed também foi utilizado na campanha que levou Obama à vitória, mas temos que entender que a estratégia por lá está muito mais ligada ao levantamento de fundos do que a captação dos votos dos eleitores.

– Campanha de Dilma cria postagem de apoio no Buzzfeed. (O Estado de S.Paulo)

Por Jackson Vasconcelos

Cesar Maia divulga selfies de campanha via Tumblr

Cesar Maia, candidato ao Senado pela Coligação “O Rio em Primeiro Lugar” (PMDB, PP, PSC, PTB, PSD, SDD, PSDB, PPS, DEM, PMN, PTC, PRTB, PSDC, PEN, PRP, PTN, PSL e PHS), lançou mão de uma nova ferramenta digital para divulgar sua campanha: o Tumblr, mídia social mais voltada para promoção de imagens.

Maia utiliza a internet para interagir com o público desde 2005. No Tumblr, ele divulga um álbum só de selfies – fotos geralmente tiradas por celulares, que mostram a pessoa que as tira em primeiro plano, acompanhada ou não de outros participantes. Depois dessa ação, Cesar se autointitulou o “SElfieNADOR”.

O Tumblr do candidato do DEM (http://selfienador255.tumblr.com/) recebeu mais de mil acessos, em menos de uma semana.

Por Jackson Vasconcelos

Pensando fora da caixa

É fato que o mundo mudou e muito.

Com a comunicação não seria diferente. Novas tecnologias continuam em franca expansão e as mídias e redes sociais têm chamado mais a atenção dos políticos.

É o caso do candidato ao governo da Bahia, Paulo Souto (DEM), que aderiu ao uso da ferramenta de mensagens instantâneas Whatsapp para divulgar o jingle da sua campanha. Aqui.

Na política atual, há cada vez menos espaço para o lugar comum.

O que você, candidato, está fazendo para surpreender seus eleitores?

Por Jackson Vasconcelos

 

Aqui tudo é política é uma marca da Estratégia e Consultoria LTDA. Siga-nos nas redes sociais e compartilhe nossas publicações. 

ESTRATÉGIA & CONSULTORIA

Ⓒ 2021 - Aqui Tudo é Política - todos os direitos reservados