fbpx

Alice no País das Maravilhas

Compartilhe!

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Engana-se quem pensa que Alice no País das Maravilhas é uma simples historinha infantil. O livro, escrito por Charles Lutwidge Dodgson (sob o pseudônimo Lewis Carroll), têm ensinamentos que podem ser aplicados em projetos políticos. A frase “Se você não sabe para onde ir, qualquer caminho serve… “, do Gato Cheshire, é um exemplo. Não é a toa que o livro é um sucesso que têm ultrapassado gerações há mais de 150 anos.

Por isso, no podcast da semana, Jackson Vasconcelos e Livia Andrade analisam “Alice no País das Maravilhas” pelo ponto de vista da comunicação política.

*Áudio disponível também no canal “Aqui tudo é política”, no Spotify.

Mais Publicações

Clipping

Não há democracia a defender.

Fico irritado, toda vez que ouço os agentes do Estado Brasileiro dizerem que tomam decisões em defesa da democracia. Sejam eles nomeados por concurso ou

Uncategorized

O baralho Brasil.

O coelho entra e anuncia:“Sua Graça!”“Sua Excelência!”“Sua Real Majestade!”“A Rainha de Copas!…”. E, com certo desprezo:“E o rei! “ A Rainha, então, reclama:“Quem pintou as

Quer aprender mais sobre política?

Conheça nosso curso.